Oficina sobre tecnologias sustentáveis de manejo do solo para a produção de alimentos

  • -

Oficina sobre tecnologias sustentáveis de manejo do solo para a produção de alimentos

A área de produção comunitária e experimentação do município de Água Santa/RS, recebeu no dia 14 de junho, um grupo de 25 pessoas que participaram de uma oficina sobre tecnologias sustentáveis de manejo do solo para a produção de alimentos. A atividade reuniu agricultores, estudantes, professores da rede pública e também técnicos da área agrícola.

O objetivo é motivar a comunidade local para o cuidado com o meio ambiente, aliado à produção de alimentos saudáveis. Nesse sentido, foi realizada uma demonstração e explicação sobre as técnicas utilizadas nos canteiros de hortaliças e plantas medicinais, com a utilização de cobertura vegetal sobre o solo, para melhorar a saúde do mesmo, aumentar a vida microbiana, aumentar a retenção de umidade e diminuir a incidência de plantas espontâneas.

A atividade iniciou com uma rodada de apresentação, onde cada pessoa falou sobre sua relação com a agricultura e se já utilizava alguma técnica ecológica para a produção de alimentos. Depois dois agricultores relataram suas experiências de êxito e, em seguida, os participantes elencaram dúvidas e questões para debate. 

As equipes técnicas do CETAP e da Emater explicaram sobre os princípios das tecnologias adotadas nos canteiros, orientando sobre a importância do manejo correto do solo para a produção de alimentos e para a conservação ambiental. Após a explicação teórica, foi realizado a prática do plantio de algumas mudas de hortaliças nos canteiros. Por fim, todos e todas foram conhecer o biorreator onde são reproduzidos os microrganismos também de forma coletiva, conhecendo mais sobre o funcionamento do projeto e a importância dos microrganismos para a saúde do solo.

Com essa atividade, buscou-se compartilhar tecnologias viáveis e adaptadas à realidade local para melhorar a qualidade de vidas das famílias. Além de também incentivar que os jovens sejam multiplicadores dos conhecimentos adquiridos, fortalecendo a juventude rural e o futuro da agroecologia.

A oficina foi organizada pelo CETAP, estudantes do 3º ano da Escola Estadual de Ensino Médio Cláudio Antônio Benvegnú, professoras, agricultores familiares, Emater, Prefeitura Municipal de Água Santa, Cooapi e Sintraf, integrando as atividades do projeto de cooperação com a Fundação Interamericana (IAF).


Buscar

Arquivo

Galeria de fotos