Três novos grupos de agricultores recebem Certificação Orgânica no Núcleo Alto Uruguai do RS

  • -

Três novos grupos de agricultores recebem Certificação Orgânica no Núcleo Alto Uruguai do RS

O Núcleo Alto Uruguai da Rede Ecovida de Agroecologia realiza anualmente as vistorias do Sistema Participativo de Garantia (SPG), porém, devido a pandemia do Covid-19, seguindo as determinações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em 2020 aconteceu a prorrogação da certificação orgânica. Neste ano, entre os meses de fevereiro a maio, o Núcleo Alto Uruguai optou por retomar a realização das vistorias, objetivando, além da renovação, certificar as famílias que vinham em processo de transição e que não foram certificadas no ano de 2020, devido às restrições.

No ano de 2021, na região do Núcleo Alto Uruguai RS, tivemos a certificação de famílias agricultoras que integram três novos grupos, passando de 14 para 17 grupos de produção orgânica assessorados pelo CETAP. Ao todo foram emitidos 116 certificados, sendo 41 novos, além da inclusão de 5 unidades de processamento vegetal.

Para a realização das vistorias foram adotados os protocolos para garantir a integridade e segurança dos envolvidos. Além do uso obrigatório de máscara, álcool gel e distanciamento controlado durante a vistoria, que aconteceu de maneira presencial, a reunião foi substituída por encontros virtuais entre os membros do grupo e o Comitê de Ética. O processo de vistoria nos grupos de produção orgânica ligados à Rede Ecovida de Certificação Participativa é conduzido pela Comissão de Ética, responsável por avaliar as conformidades das normas da produção orgânica.

Devido à pandemia, no início do mês de junho, também a Plenária de Núcleos da Rede Ecovida de Agroecologia, que rotineiramente ocorria de maneira presencial, este ano aconteceu pela primeira vez de maneira virtual, contando com a participação de 70 famílias.


Buscar

Arquivo

Galeria de fotos