Ampliando a produção ecológica na região Alto Uruguai

  • -

Ampliando a produção ecológica na região Alto Uruguai

No dia 27 de novembro foi formalizado mais um grupo de produção orgânica, composto por nove famílias, em Aratiba/RS. Inicialmente aconteceu uma reunião onde foram abordados o processo de produção e os passos para a certificação dos alimentos orgânicos, através da Rede Ecovida de Agroecologia.

Em seguida, os participantes realizaram uma visita na propriedade de um dos integrantes do grupo onde a equipe técnica do CETAP ajudou a realizar uma análise sobre os arranjos e benefícios do trabalho no Sistema Agroflorestal (SAF). Esta visita a campo também possibilitou identificar os elementos fundamentais que serão vistoriados na agrofloresta para certificação orgânica.

As famílias agricultoras entram agora no período de transição para certificação de produtos como banana, abacate, mamão, erva mate, fruta do conde, melancia, moranga, entre outros. Durante os próximos 18 meses serão utilizadas técnicas agroecológicas para produção de alimentos saudáveis, livre de agrotóxicos, conforme determina a legislação. Após esse período, cada família recebe a vistoria para certificação, atestando a produção orgânica pela Associação Ecovida de Agroecologia. Este grupo passa a integrar o Núcleo Alto Uruguai de Agroecologia. Aratiba possui um potencial enorme na produção de frutas tropicais devido as condições climáticas, que são um diferencial na produção da região. Além disso, o projeto orgânicos “bom para quem produz, melhor para quem consome”, parceria entre prefeitura municipal, CETAP e grupo de trabalho dos Orgânicos de Aratiba/RS, tem levado mais conhecimento e proporcionado novas oportunidades de geração de renda às famílias participantes. Cada vez mais este processo vem avançando no município e região, mostrando a viabilidade e importância da produção de alimentos saudáveis, tanto para quem produz, como para quem consome.


Buscar

Arquivo

Galeria de fotos

plugins premium WordPress