AMAte – autocuidado, cultura e produção de alimento saudável

  • -

AMAte – autocuidado, cultura e produção de alimento saudável

No dia 24 de março, no Parque do Ibama, em Ilópolis/RS, aconteceu o encontro AMAte, reunindo 22 agricultoras familiares e assessores técnicos em agroecologia. O título da atividade refere-se ao ato de amor relacionado ao autocuidado e também ao cuidado com o próximo, atrelado à produção de alimentos saudáveis por meio da agroecologia, que beneficia a todos, agricultores e consumidores. Além disso, a produção e o consumo da erva-mate estão totalmente inseridos em nossa cultura local, o que precisa ser sempre valorizado, assim como o trabalho das mulheres rurais.

Dessa forma surgiu o tema do evento, para valorizar e dar visibilidade ao trabalho da mulher na construção, fortalecimento e desenvolvimento da agroecologia. No encontro AMAte foi possível compartilhar conhecimentos, trocar experiências e receitas, com um olhar mais atento para a erva-mate e as frutas nativas, ambos produtos não-madeireiros da Mata Atlântica e de grande importância para a manutenção da biodiversidade e geração de emprego e renda na agricultura familiar.

O dia iniciou com a apresentação dos participantes através da dinâmica da teia, onde cada pessoa falou seu nome, atuação, local onde vive e descreveu em uma palavra o que a agroecologia significa para si e em outra palavra qual o maior desafio para fazer agroecologia hoje. Após este momento, foi feita uma trilha pelo parque, onde a geógrafa e também empreendedora da Inovamate, Ariana Maia, fez uma explanação sobre a história da erva-mate, desde a colonização até a atualidade. Durante este momento, houve diversos questionamentos por parte das agricultoras, o que fortaleceu o debate para a conscientização das participantes.

Na sequência, a equipe técnica do CETAP abordou a importância da valorização das frutas nativas para a manutenção da biodiversidade e geração de renda. O almoço foi preparado pelo empreendimento Encontro de Sabores, de Passo Fundo/RS, com pratos elaborados a partir do pinhão, nativo da Mata Atlântica e de grande importância na região. Na parte da tarde, o grupo visitou uma propriedade que produz erva-mate aliada à conservação ambiental, com outras arvores nativas consorciadas e produção de alimentos através de um Sistema Agroflorestal.

A avaliação foi muito positiva e ficou encaminhado que serão realizados outros encontros para maior aprofundamento dos temas. O CETAP também se colocou à disposição para auxiliar as famílias produtoras tanto no cultivo de erva-mate como de alimentos em sistema agroecológico e agroflorestal.

O intercâmbio foi organizado pelo CETAP, juntamente com a Inovamate, empresa focada em produtos naturais oriundos da erva-mate, com o apoio da Associação AA Erva-mate e do Ibramate (Instituto Brasileiro da Erva-Mate), que reúne as entidades representativas dos setores da cadeia produtiva da Erva-Mate no Brasil. Também participaram o Secretário da Agricultura de Água Santa, o Secretário da Agricultura de Ilópolis, a presidenta da Câmara de Vereadores de Ilópolis, o presidente da Associação AA Erva-mate e o presidente do Ibramate. A atividade integrou as ações do projeto de cooperação com a Misereor.


Buscar

Arquivo

Galeria de fotos