Author Archives: mda

  • -

24ª Festa do Pinhão de São Francisco de Paula

A tradicional festa do pinhão de São Chico foi realizada de 10 a 12 de junho. Estima-se que, durante os três dias de evento, cerca de 25 mil pessoas tenham passado pelo Atlético Serrano, local da festa. O evento foi organizado pela Secretaria Municipal de Turismo, Cultura e Desporto, de São Francisco de Paula/RS. O CETAP, que mantém um convênio com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade do município, foi convidado a integrar seu estande na exposição.

No estande, o CETAP teve como objetivo criar um espaço de trocas e conscientização com o público sobre a importância do pinhão, mas também de toda a biodiversidade de espécies que ocorrem juntamente com a Araucária. Estima-se que mais de 600 pessoas, entre agricultores, consumidores, estudantes, feirantes e entusiastas de diferentes regiões do estado do RS passaram no estande do CETAP durante a festa do pinhão. Isso demonstra a importância e o crescente interesse, tanto do público urbano, como do rural, sobre a temática que engloba vários elementos do trabalho com a agroecologia.

Goiaba-serrana, Araçá-vermelho e Uvaia foram alguns dos sucos das frutas nativas que os visitantes que visitaram o estande puderam experimentar. Além disso, houve a distribuição de sementes e tubérculos de aproximadamente 70 variedades, incluindo milhos, feijões, pipocas, abóboras, amendoins, batatas… buscando multiplicar e manter viva a genética das variedades antigas. Na ocasião, ocorreu também a distribuição de mudas de frutíferas nativas para o plantio, seja em pomares domésticos, seja em áreas públicas, atentando e orientando sobre os cuidados técnicos para o melhor desenvolvimento das plantas.

Fotos: Andressa Ramos e Cássio Hoffmann


  • -

Vídeo do Carijo Serrano Kaáconde

Registro do feitio artesanal de erva mate no Carijo – modo de produção artesanal de origem guarani – em São Francisco de Paula/RS, no distrito do Caconde. Evento realizado entre 20 e 22 de maio na propriedade dos agricultores orgânicos Elmar Souza e Maria Goretti.

Uma produção do Centro de Tecnologias Alternativas Populares – CETAP, Grupo Gralha Azul e Câmera Temática das Agroflorestas da Região dos Campos de CIma da Serra, com apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade de São Francisco de Paula, projeto de cooperação com a Fundação Interamericana e com facilitação do Coletivo Catarse.

Registro – 2022 – 08′ 06”

APOIE
https://apoia.se/coletivocatarse

Conheça o Coletivo Catarse
http://www.coletivocatarse.com.br
https://www.youtube.com/coletivocatarse
http://www.facebook.com/coletivocatarse
http://www.instagram.com/coletivocatarse

Contato:
catarse@coletivocatarse.com.br


  • -

Carijada Serrana em São Francisco de Paula

Entre os dias 20 e 22 de maio, um grupo de 30 agricultores, estudantes, técnicos e pesquisadores realizaram todo o processo para a fabricação da erva-mate, desde a construção da estrutura, manejo da colheita do erval nativo, sapeco, enfeixamento, secagem, cancheamento e moagem. A atividade aconteceu no Caconde, São Francisco de Paula/RS.

O uso e aproveitamento da sociobiodiversidade nativa tem sido um dos pilares da atuação do Centro de Tecnologias Alternativas Populares – CETAP, especialmente na região dos Campos de Cima da Serra. Neste sentido, o “carijo” tem por objetivo resgatar o processo artesanal de fabricação da erva-mate, a partir da intersecção do conhecimento dos guaranis e a colonização que remonta um período de mais de 300 anos.

Na família dos agricultores Elmar Souza e Maria Goretti, o feitio da erva-mate artesanal era comumente feito pelas gerações passadas, mas que há vários anos não era realizado, portanto, uma possibilidade de retomar uma prática importante do ponto de vista sociocultural.

Estiveram envolvidos na organização desta carijada, além da família agricultora que sediou a atividade, o CETAP o Grupo Gralha Azul e a Câmara Temática das Agroflorestas da Região dos Campos de Cima da Serra. Apoiaram o evento a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade de São Francisco de Paula, o projeto de cooperação com a Fundação Interamericana e o Coletivo Catarse.

Fotos: Coletivo Catarse


  • -

Agroecologia em Santa Catarina: conheça o Grupo Associada

Conheça as histórias e o trabalho envolvido na produção e entrega de alimentos orgânicos das Células de Consumidores Responsáveis através das vozes dos agricultores e agricultoras do Grupo Associada, um dos fornecedores da iniciativa. 

Várias das famílias do Grupo – que abrange os municípios de Nova Trento, Major Gercino, Leoberto Leal e São João Batista, no interior de Santa Catarina – plantavam tabaco no passado e encontraram na produção orgânica uma alternativa para trabalhar com mais saúde e zero veneno. 

Agroecologia para ter comida sem veneno, no campo e na cidade!

Este vídeo é parte do projeto “Consumidores e Agricultores em Rede”, em que participam CEPAGRO, Centro Vianei de Educação Popular, CETAP e AS-PTA, com apoio da @misereor .


  • -

Partilha da agroecologia – Feira Orgânica de Palmeira/PR

Produzir e consumir alimentos da agricultura familiar, aumentam a qualidade de vida e a saúde! A Feira Orgânica de Palmeira/PR é organizada há mais de 20 anos, no centro do município. Para estreitar as relações com o público consumidor e dialogar sobre a origem dos alimentos, a Associação de Produtores Ecológicos de Palmeira (APEP) realizou, no dia 23 de abril de 2022, a Partilha da Agroecologia.

O público pôde conhecer, além do Café da Agrobiodiversidade, as barracas dos feirantes agroecológicos, atrações musicais, informações sobre alimentação saudável, os riscos dos transgênicos à saúde e também jogos, como pescaria do milho crioulo e caixas sensoriais.

O momento de partilha reflete na relação justa e solidária com diálogo dos agricultores familiares que produzem e os consumidores que levam-os para suas famílias. A iniciativa foi pensada pela APEP em conjunto com a AS-PTA.

Adquirir alimentos nas feiras agroecológicas e orgânicas, direto com as famílias, cria uma relação de respeito, proporciona geração de renda para quem produz, incentiva a permanência no campo e assegura ao consumidor um alimento saudável, seguro e feito de família para família.

Essa ação é parte do projeto “Consumidores e Agricultores em Rede”, onde participam CEPAGRO, Centro Vianei de Educação Popular, CETAP e AS-PTA, com apoio da Misereor.


  • -

Agricultores de Aratiba recebem mudas de árvores nativas para recuperação de nascentes e ampliação de agroflorestas

Agricultores e agricultoras de Aratiba/RS que estão envolvidos em ações de desenvolvimento da agroecologia ou vinculados ao projeto de ampliação das estratégias e ações de conservação e uso da água e da sociobiodiversidade receberam a doação de mudas de árvores nativas. A entrega foi no dia 3 de junho, na Câmara Municipal de Vereadores do município.

Participaram 30 pessoas, entre famílias agricultoras, equipe técnica do Centro de Tecnologias Alternativas Populares (CETAP) e representantes do Consórcio Itá e da Secretaria do Meio Ambiente de Aratiba. O objetivo principal foi realizar a entrega de mudas de árvores nativas, doadas pela Secretaria do Meio Ambiente de Aratiba, em parceria com o Consórcio Itá, às famílias agricultoras que irão fazer a recuperação de nascentes de água e também investir no desenvolvimento e enriquecimento da biodiversidade de sistemas agroflorestais.

As representantes do Consórcio Itá abordaram o processo de preparo das mudas no viveiro, a partir da coleta de sementes na região do entorno da Usina Hidrelétrica de Itá, ressaltando a importância da preservação e multiplicação das espécies nativas. Também foram feitas orientações técnicas sobre o plantio e cuidado com as mudas. Os agricultores realizarão o plantio das mudas nos próximos dias, recebendo visitas técnicas de orientação e acompanhamento, feito pelo CETAP.

Esta ação faz parte do projeto “Ampliação das estratégias e ações de conservação e uso da água e da Sociobiodiversidade, em propriedades de agricultores familiares das regiões Norte e Nordeste do RS” e contempla agricultores que vem desenvolvendo sistemas agroflorestais no município. Este projeto é uma parceria do CETAP com a Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (SEMA/RS) e a RGE.


  • -

Atividades com agricultores e consumidores marcam Semana dos Alimentos Orgânicos

De 20 a 27 de maio aconteceu a Semana dos Alimentos Orgânicos, proposta pelo Ministério da Agricultura, em todo o Brasil. O CETAP organizou diferentes atividades para marcar esta data e incentivar a produção e o consumo de alimentos agroecológicos, mobilizando famílias produtoras de alimentos e consumidores urbanos. Neste ano, a semana teve como tema “Produtos Orgânicos: saudáveis por natureza”.

Mateada Solidária na Feira Ecológica de Passo Fundo

No dia 21 de maio aconteceu uma Mateada Solidária na Feira Ecológica de Passo Fundo, realizada na Avenida Brasil, no centro da cidade. O evento reuniu centenas de pessoas que, além de adquirirem produtos orgânicos e conversarem com agricultores ecologistas da região, puderam interagir e conhecer um pouco mais sobre a história da feira. Também foi oportunidade para celebrar os 60 anos da Cáritas Arquidiocesana de Passo Fundo, os 15 anos do Projeto TransformAção e os 36 anos do Centro de Tecnologias Alternativas Populares (CETAP).

Diferentes bancas foram montadas junto com a Feira Ecológica, distribuindo materiais e convidando a comunidade local a conhecer mais sobre o trabalho desenvolvido por estas organizações parceiras da produção agroecológica na região. A EMEI Pe. Alcides, que possui uma Unidade de Referência em Meliponicultura, através de uma parceria com o CETAP e apoio da Misereor, apresentou o projeto e destacou o envolvimento da comunidade escolar com as abelhas nativas sem ferrão.

Também a Universidade de Passo Fundo esteve presente no evento, com professores e acadêmicos de diferentes projetos de extensão. Eles prestaram informações e orientações ligadas à saúde, sustentabilidade, alimentação saudável e direitos do consumidor. Também realizaram pesquisas que possibilitaram a interação entre produtores, consumidores, docentes, estudantes e entidades. Houve ainda degustação dos produtos comercializados pelos feirantes e distribuição de receitas com produtos da safra, que envolveram pão de batata doce e croquete de pinhão.

Cursos de formação sobre produção orgânica e certificação

No dia 24 de maio, um grupo de 50 agricultores e técnicos que assessoram a produção esteve reunido para conversar sobre produção orgânica e sistema participativo de certificação. A atividade reuniu representantes dos grupos do núcleo Alto Uruguai da Rede Ecovida de Agroecologia, que receberam orientações sobre processos de certificação da conformidade dos sistemas orgânicos de produção, segundo a legislação vigente do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). A atividade foi realizada na Universidade Federal da Fronteira Sul, Campus de Erechim. O Núcleo Alto Uruguai da Rede Ecovida tem mais de 160 famílias agricultoras, que contam com o apoio técnico do CETAP e do CAPA.

No dia 25 de maio, foi a vez das famílias agricultoras do Núcleo Planalto da Rede Ecovida se encontrarem. A atividade, com a mesma temática do dia anterior, reuniu em torno de 40 pessoas no plenário da Câmara Municipal de Vereadores de Santo Antônio do Palma/RS. A programação ocorreu de manhã e de tarde. Os cursos tiveram a assessoria de Cristiano Motter, do Centro Ecológico. As atividades também ajudaram na qualificação dos comitês de ética dos núcleos, que têm um papel importante no compartilhamento da responsabilidade pela garantia da qualidade dos produtos orgânicos e sistemas de produção.

Seminário Estadual

No dia 25 de maio aconteceu o Seminário Estadual da Semana dos Alimentos Orgânicos RS, promovido pela CPOrg/RS (Comissão de Produção Orgânica do Rio Grande do Sul). A atividade aconteceu na modalidade virtual, com transmissão pelo Youtube. O objetivo foi apresentar aos consumidores a importância da produção e consumo de alimentos orgânicos para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e, também, os desafios para que um produto orgânico chegue à mesa, como a problemática da deriva e contaminação. Foram painelistas Paulo Niederle (UFRGS), Ana Paula Carvalho Medeiros  (MPF), Greisson William da Rosa (N. S. Rita) e Edson José Klein, coordenador executivo do CETAP.

Divulgação e visitas

Além destas atividades presenciais, o CETAP elaborou outros materiais de divulgação, destacando o tema “Produtos Orgânicos: saudáveis por natureza”. Diversas emissoras de rádios, comerciais e comunitárias, divulgaram ao longo de toda a semana os três spots distribuídos. A equipe técnica também realizou visitas em organizações de produção e de comercialização de alimentos, sindicatos, cooperativas, associações, poder público e escolas, conversando sobre o tema e entregando o cartaz feito para a Semana dos Alimentos Orgânicos deste ano. Este conteúdo também foi divulgado através do site e das redes sociais do CETAP.

A produção deste material e realização das atividades contou com o apoio da Fundação Interamericana (IAF) e da Misereor, através dos projetos de cooperação para promoção da agricultura sustentável e segurança alimentar e o fortalecimento de canais de comercialização que conectem produtores e consumidores, promovendo a alimentação saudável. Também envolveu o projeto de cooperação desenvolvido com a Coopertec/Cresol, para fortalecimento da produção agroecológica na região norte do Rio Grande do Sul.


  • -

Produtos Orgânicos: saudáveis por natureza

A Semana dos Alimentos Orgânicos acontece de 20 a 27 de maio, em todo o Brasil, com diversas atividades abordando o tema “Produtos Orgânicos: saudáveis por natureza”. O CETAP também organizou uma programação para marcar esta data, como uma oportunidade para oferecer informações aos consumidores quanto aos produtos orgânicos, onde encontrá-los e como são produzidos. A proposta é divulgar para a população os benefícios ambientais, sociais e nutricionais desses alimentos.

Pensando em ampliar o alcance e atingir um maior número de consumidores e famílias agricultoras foram produzidos três spots para veiculação em rádios, abordando informações sobre características da produção orgânica, a qualidade deste tipo de alimentos e benefícios da agroecologia para a saúde e a natureza. Você pode ouvir os áudios abaixo:

Também foi produzido um cartaz com o tema desta semana, que será distribuído em organizações de produção e de comercialização de alimentos, sindicatos, cooperativas, associações, poder público e escolas. O material também fará parte de publicações que serão feitas nas redes sociais do CETAP.

Imagem JPG
Arquivo em PDF

Além da campanha de divulgação, algumas atividades presenciais também estão programadas:

>> Mateada Solidária na Feira Ecológica de Passo Fundo, na Avenida Brasil – Centro, dia 21/05/2022, das 8h às 11h, organizada pelo Cetap, Cáritas, UPF e Conalter

>> Curso de formação sobre produção orgânica e certificação, dia 24/05/2022, das 9h às 16h, no campus da UFFS Erechim, organizado pelo CETAP e Rede Ecovida

>> Curso de formação sobre produção orgânica e certificação, dia 25/05/2022, das 9h às 16h, no Centro de Agroecologia da Comunidade Santa Ana, em Santo Antônio do Palma, organizado pelo CETAP e Rede Ecovida

>> Intercâmbio – visita de consumidores do Grupo Alimento Raíz na propriedade do agricultor e associado do CETAP Pablo Baldin, dia 28/05/2022, das 14h às 17h, no interior do município de Vacaria


  • -

Estudantes de Itatiba do Sul debatem sobre meio ambiente e água

Os alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Tancredo Neves, de Itatiba do Sul/RS, receberam a visita da equipe técnica do CETAP para conversar sobre meio ambiente e água, com destaque para a importância das nascentes e como podemos contribuir na sua preservação. Foram dois encontros, nos dias 7 e 28 de abril, reunindo aproximadamente 150 alunos e professores do 1º ao 9º ano do ensino fundamental.

Foram organizados dois momentos de conversa com os estudantes. Primeiro com alunos do 6º ao 9º ano, onde foram abordados assuntos como segurança alimentar, alimento orgânico, agroecologia e a importância da água em todo este ciclo. Na segunda oportunidade, foi trabalhado com alunos do 1º ao 5º ano, conversando sobre o ciclo da água na natureza e a importância dela no nosso dia a dia, especialmente na produção de alimentos, sendo apresentado também o que é a agricultura sustentável baseada nos conceitos agroecológicos.

As atividades estiveram integradas em um projeto desenvolvido pela escola chamado “água elemento indispensável para a vida: armazenamento, reutilização e economia”, que tem por objetivo conscientizar os alunos sobre a importância da água em nossas vidas. No decorrer deste ano, o CETAP também foi convidado a trabalhar com outros temas na escola, como abelhas nativas sem ferrão, compostagens, entre outros.


  • -

2º Encontro sobre Abelhas Nativas Sem Ferrão na Região Alto Uruguai

Com o tema “Manejo de meliponíneos no inverno: alimentação e sistemas de aquecimento para fortalecimento dos enxames” aconteceu, no dia 1º de maio de 2022, mais um encontro de troca de experiências entre meliponicultores da região Alto Uruguai do Rio Grande do Sul. O local escolhido foi a Comunidade de Linha América, interior do município de Erechim.

Durante o dia foram abordados temas relacionados ao manejo de meliponíneos no inverno, como alimentação proteica, energética e sistemas de aquecimento de enxames, como forma de melhorar o conforto das colmeias em período de frio intenso. A atividade foi uma parceria entre o Grupo dos Meliponicultores do Alto Uruguai (GMAU), o CETAP e o CAPA, com apoio dos projetos de cooperação com a  Cresol e a Misereor. O objetivo foi possibilitar um momento de integração entre os meliponicultores e também oferecer formação técnica para avançar na qualificação do trabalho.

O encontro contou com a contribuição do meliponicultor Cleumar Liebert, de São Miguel do Oeste/SC, que abordou a importância das abelhas nativas sem ferrão (ASF) na natureza e a complementação da alimentação para sobrevivência das colméias. O meliponicultor Evandro Cantele, de Barão do Cotegipe/RS, abordou o processo de aquecimento das colméias para períodos de frio. Participaram deste encontro meliponicultores que estão iniciando a criação de abelhas sem ferrão e também meliponicultores mais experientes, em busca de qualificar seu trabalho.

Na oportunidade foram sorteados alguns brindes para os participantes, cedidos pelos meliponicultores e entidades que organizaram o encontro. Para finalizar, foi realizado um coquetel a base de frutas nativas, organizado pelo empreendimento Encontro de Sabores, de Passo Fundo/RS.


Buscar

Arquivo

Galeria de fotos